Empresa cria bonecas de meninas infláveis “Para Evitar Crimes de Pedófilos”

Uma empresa japonesa iniciou a produção de bonecas de meninas infláveis. A atitude causou polêmica, já que as bonecas expressam sensualidade e são direcionadas a pedófilos. O dono da empresa (Trotta), Shin Takagi, foi criticado por grande parte da opinião pública local. Mas diz que os produtos podem ser uma arma valiosa na luta contra o abuso sexual de crianças.

O usuário do Twitter, Macdaddypastyman, foi um dos que condenaram a iniciativa.  “Certamente, isso não pode ser saudável e é um passo enorme para alguns doentes que praticaram em um boneco, depois quererem fazer isso em crianças.” Outro usuário, Koko, enfatizou. “Esse tipo de comportamento não deve ser incentivado, as pessoas que são sexualmente atraídas por crianças estão doentes.” Takagi considera sua atitude ética. “Muitas vezes recebi cartas dos compradores, que  dizem: “Graças às suas bonecas, posso evitar de cometer um crime.

O dono da empresa afirmou que a maior parte de sua clientela é formada por homens que vivem sozinhos.  

Um análise da Clínica Mayo chegou à conclusão de que o uso dessas bonecas não muda a orientação sexual básica do pedófilo em relação às crianças.

Fonte: R7

Comente e deixando sua opinião bonecas de meninas infláveis “Para Evitar Crimes de Pedófilos”


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 


Curta e Indique nossa Fan Page JusRO para seus amigos e familiares.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*