Quatorze dias depois de chacina em Poção

Quatorze dias atras no dia 06 de fevereiro três conselheiros tutelares foram mortos dentro do carro do Conselho Tutelar do Município de Poção agreste pernambucano, enquanto faziam o transporte de uma menina de 3 anos, única sobrevivente do atentado criminoso.

Algumas perguntas nos questiona: Como andas a investigação? Sera que os mandantes da emboscada vão ficar impunes? Até quando os conselheiros tutelares vão ser obrigados por juízes, promotores, delegados e outras autoridades a fazer coisas que não faz parte de suas atribuições?  

A defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes tem que continuar. Pensarão que matando este três conselheiros poderia acaba com o Conselho Tutelar, enganarão-se, pois devido a morte deles criarão mártires criando assim a revolução dos Conselho Tutelares, por melhores condições de trabalho, valorização da classe e o cumprimento das reais atribuições.

Na semana passada mostramos que juntos podemos fazer a diferença com a paralisação nacional viramos noticias em todos telejornais das principais rede aberta de televisão.

Juntos podemos fazer a diferença.

Pela Valorização dos Conselhos Tutelares e dos Conselheiros Tutelares.

Dizemos NÃO a todas as distorções das atribuições dos Conselhos Tutelares.

O Conselho Tutelar de Poção perdeu três heroicos Conselheiros, mas a nação ganhou três Mártires na luta pela valorização dos Conselhos Tutelares.

Não esqueceremos de vocês conselheiros Daniel Farias, Carmen Lúcia Silva e Lindenberg Nóbrega não deixaremos cair no esquecimento.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*