Idoso é preso suspeito de estuprar duas irmãs em troca de bonecas

Criança de 9 anos foi estuprada na terça-feira. Suspeito é vizinho da vítima. Mãe não denunciou estupro à filha de 12 anos por medo de não provar o crime.

Criança guarda as bonecas que ganhou de suspeito e brinca com outra (Foto: Ivanete Damasceno/G1)
Criança guarda as bonecas que ganhou de suspeito e brinca com outra (Foto: Ivanete Damasceno/G1)

Um homem de 65 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) suspeito de estuprar uma criança de 9 anos, na Zona Sul de Porto Velho, na terça-feira (16). De acordo com a diarista Eliene Mendonça, mãe da menina, a filha de 12 anos já tinha sido violentada, há cerca de três meses, pelo mesmo homem. À época do primeiro caso, Eliene diz que não fez a denúncia por medo de não conseguir provar o crime.

depoimento da mae

O suspeito mora em uma casa de madeira, com três cômodos em frente à casa onde vivem as crianças. Segundo a mãe, as filhas foram atraídas pelo idoso com a promessa de que ganhariam bonecas. “Nenhuma das duas é mais virgem. Minhas filhas foram compradas por duas bonecas. É isso que elas valem?”, revolta-se Eliene. A filha mais nova ganhou as duas bonecas e deixou guardada em casa.

Ela conta que na tarde de terça-feira deitou logo após o almoço e a filha ficou brincando na cama ao lado. Quando o marido chegou, por volta das 15 horas (horário local) percebeu a ausência da enteada e todos saíram a procura da menina. “O velho estava na esquina todo desconfiado. Minha filha [de 12 anos] que viu a mais nova dentro da casa dele e me chamou. Eu não acreditei. Meu filho mais velho que entrou e viu ela arrumando a sainha já”.

Indignada, Eliene chamou a polícia e contou o que tinha acontecido, além de mostrar que a menina de 9 anos estava com a calcinha rasgada, molhada e suja. “Ela foi atendida pela pediatra que confirmou que ontem [terça-feira] não foi a primeira vez que aconteceu”, comenta a mãe.

Quarto na casa do idoso onde teria acontecido o estupro às irmãs (Foto: Ivanete Damasceno/G1)
Quarto na casa do idoso onde teria acontecido o
estupro às irmãs (Foto: Ivanete Damasceno/G1)

Segundo Eliene, a mesma situação que aconteceu com a filha de 12 anos há cerca de três meses, ocorreu na tarde de terça com a filha mais nova. “É uma revolta muito grande. Da primeira vez, eu não entrei na casa. O policial que veio aqui disse que minha filha estava mentindo, pois nada era igual ao que ela contou. Agora, tudo é igual. E ela contou a mesma história”, diz Eliene que ressalta que ficou com medo de ser presa, caso não conseguisse provar que o idoso teria estuprado sua filha.

A criança de 9 anos foi encaminhada para atendimento no Hospital Infantil Cosme e Damião em estado de choque. Após algumas horas, ela contou em detalhes o que tinha acontecido. O idoso foi levado a Central de Flagrantes. Na delegacia, foi constatado um mandado de prisão expedido em fevereiro em desfavor do suspeito.

As crianças, segundo Eliene, foram encaminhadas para tratamento psicológico no Centro de Atendimento Psicossocial Infantil (Caps i). “Quem olha pra ele [suspeito], acha que é uma pessoa maravilhosa. Mas não se engane”, finaliza a mãe das meninas.

Fonte: Ivanete Damasceno. G1 RO

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*